segunda-feira, 3 de agosto de 2015

A sagrada “Flor de Lótus” começa a colorir as paisagens no Japão

blooming-lotusNessa época do ano, no Japão, a beleza da flor de lótus começa a despontar nos campos e jardins, em muitos templos xintoístas ou em simples plantações. Mesmo sob o forte sol de 40 graus, que têm assolado a maior parte do arquipélago, os jardins dos templos são muito visitados pelos turistas, para a contemplação desta curiosa flor.

Considerada sagrada em muitos países orientais, especialmente Índia, Japão e Egito, a flor de lótus é um tipo de lírio d’água, cujas raízes crescem submersas na lama e no lodo e as flores vão subindo à superfície para despontar com notável beleza.

O simbolismo desta flor está, justamente, nesta capacidade de superar as profundezas escuras e florescer tão linda e pura, sem trazer nenhuma sujeira da lama à superfície. Durante a noite, as pétalas da flor se fecham e ela mergulha na água para, ao amanhecer, levantar-se novamente das profundezas e ressurgir abrindo as pétalas. Um verdadeiro espetáculo da natureza!

Os egípcios antigos associavam a flor de lótus ao deus do sol “Ra”, porque a flor se fecha durante a noite e se abre todas as manhãs com o poder do sol. Outra curiosidade desta planta milenar é que ela é a única com capacidade para regular o calor interno, mantendo-o, perenemente, por volta dos 35º, que é a mesma temperatura do corpo humano.

flor de lotus

Uma outra peculiaridade são as suas sementes: elas podem ficar mais de 5 mil anos sem água, aguardando apenas as condições mais favoráveis de umidade pra germinar.

No budismo, acredita-se que, quando o Siddhartha (que mais tarde se tornaria Buda), deu os seus primeiros sete passos na terra, sete flores de lótus brotaram. Assim, cada passo dele representa um degrau no crescimento espiritual. A flor de lótus significa pureza de corpo e mente. A água que acolhe a planta é associada ao apego e aos desejos carnais; a flor que desabrocha sobre essa água é a promessa de pureza e elevação espiritual.

Na prática da Yoga, a posição da flor de lótus, conhecida como Padmásana, é a postura tradicional de meditação. A flor de lótus representa um mistério para a ciência, que não consegue explicar a característica própria que possui de repelir microorganismos e partículas de pó.

Confira o site do Summer Lotus Flower Festival (em japonês) de um dos muitos festivais dedicados à contemplação da Flor de Lótus, no Japão. Este acontece na província de Gunma, em Tatebayashi, até dia 15 de agosto.
Fonte: IPC Digital